26/03/2020

CCR distribuirá 4 mil TAGs de pagamento eletrônico em praças de pedágio

A iniciativa tem o objetivo de diminuir a interação entre usuários e colaboradores para a prevenção ao novo coronavírus.

Como parte das medidas de prevenção e mitigação do novo coronavírus, o Grupo CCR distribuirá 4 mil TAGs de pagamento eletrônico em praças de pedágio nas rodovias em que atua. A iniciativa, que terá início em 26 de março, busca minimizar o contato entre colaboradores e clientes nas praças de pedágio, diminuindo assim possíveis chances de contágio.

O motorista receberá o dispositivo juntamente com o recibo de pagamento de pedágio, facilitando assim o acesso a forma eletrônica de pagamento.

Do montante total, metade dos dispositivos será distribuído nas rodovias geridas pelo Grupo CCR em São Paulo, tendo os outros 50% em estradas que a companhia gerencia pelo País.

 

Outras ações

Além desta iniciativa, o Grupo CCR tem adotado uma série de medidas para minimizar o alcance do vírus em seus ambientes de negócios. Essas medidas se baseiam em protocolos e orientações repassadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS), Ministério da Saúde e secretarias estaduais de Saúde.

\Todos os processos estão sendo implementados em parceria com o Comitê de Gestão de Saúde da companhia, composto por profissionais de diversas áreas, e focado em promover, através de ações internas e externas, a ampliação da rede de prevenção frente à pandemia do coronavírus.

No âmbito interno, CCR já adquiriu e está distribuindo para seus colaboradores mais de 1.000 kits com itens de segurança e para todas as suas unidades, de rodovias, metrôs e aeroportos, mais de 1,2 mil litros de álcool gel, além do treinamento e orientação por meio de comunicados para toda a CCR e palestras para seis mil colaboradores.A companhia também tem ampliado as orientações, sobretudo àqueles que fazem a manipulação de células e moedas, para que façam regularmente a higienização das mãos durante e depois da jornada de trabalho.

Já para os caminhoneiros, o principal público em trânsito constante, a companhia ampliou a rede de atendimento do Estrada para a Saúde, programa criado para acompanhamento contínuo e gratuito dos caminhoneiros. Desde a última segunda, 23, há postos em seis corredores rodoviários geridos pela companhia para o atendimento e orientação a esses profissionais do volante para a contenção do avanço da pandemia.